segunda-feira, 29 de setembro de 2008

Memórias e saudades


Gosto de acreditar que moras atrás do pôr do sol e és a estrelinha brilhante que todos os dias me pisca o olho antes de dormir. Gosto de pensar que antes de partir, partilhaste as pétalas da ternura, as sementes da esperança, o pólen da bondade. Gosto de pegar no meu porta chaves e recordar as vezes que te serviu para para brincadeiras efémeras à mesa do restaurante.
Dou comigo a pensar como contigo a brevidade é para sempre. Como eternas são as memórias e as saudades.
Estás sempre aqui, no meu coração!
Mil beijinhos

1 comentário:

pilar disse...

Obrigada Adelaide.
Que grande é o teu coração e que bom é vir aqui ao teu cantinho, vezes sem conta, para me consolar.
Um grande beijinho, para ti hoje.

Pilar