quinta-feira, 12 de junho de 2008

Perdoa-me Sebastião

Este blogue foi criado há um ano... e um dia! E eu esqueci-me do aniversário. Do primeiro! O primeiro aninho! Foi ontem. Sem bolinho de parabéns, sem velinha para apagar. (Quase) imperdoável.
Criei este espaço pela vontade de partilhar/escrever/sentir. Sonhos, afectos, sonhos, afectos. E tudo o resto que de bom a vida tem. Dei-lhe o nome do meu poema preferido, também em honra do vate inspirado na serra mãe, que também me viu nascer. E o poema está bem à vista. Saúda quem espreita, mesmo que timidamente. Basta levantar um pouquinho, o olhar.
Que o poeta e o poema me perdoem. Espero. Peço. Imploro.
Afinal, o sonho nasce e renasce todos os dias. Festeja-se todos os dias. O sonho é que vale pena. O sonho e os amigos que ajudam a acreditar. O blogue é apenas um ponto de encontro.
P'lo sonho é que vamos.
Parabéns para todos os que acreditam no sonho. Todos os dias.
P´lo Sonho é Que Vamos.
Obrigada Sebastião, pelo poema. Obrigada Amigos. Pela partilha do sonho.
Até já.


N.B. Se quiserem recordar o bebé no dia do "nascimento", é só clicar: http://pelosonhoehquevamos.blogspot.com/2007/06/aviso-navega.html

2 comentários:

pilar disse...

Muitos Parabéns, por este primero aninho!!!

Vamos continuar a fazer anos. É sempre bom passar por aqui.

Beijinhos,

Pilar

Ti Coelha disse...

Parabéns a você...!
Nesta data querida...!
...
eeeer...

Muitos Posts por escrever...!

Que eu quero ler ainda!!

EEEhhhhhh Palmas!!

Não faz sentido, nenhum eu sei, também nunca tive jeito para rimas... fica só a intenção e os parabens ao blog e à bloguista. :)

beijos

Coelha mais nova