quinta-feira, 24 de junho de 2010

Coração de veludo

Vi há pouco uma fotografia da Kika e notei como está crescida. E cada vez mais bonita. Com uma carinha de boneca, um olhar muito doce onde facilmente se adivinha o coração de veludo... A Kika faz hoje doze anos. Começa a tornar-se uma mulherzinha e tenho a certeza que vai continuar a ter um coração de menina. Daqui a pouco vai trocar, se é que já não o fez, as barbie's que tanto gosta(va) por namoricos e outras coisas que dão outro sentido à vida e dores de cabeça aos pais, e de certeza também tornar-se uma mulher generosa, quem sabe cheia da energia, qualidades que tão bem caracterizam a mãe.
Das melhores memórias que me ficaram da convivência quase diária com a Kika, colaram-se à pele a ternura, a generosidade e uma grande agilidade com as palavras. Qualidades que acredito, apurou com os anos. E ainda aquele jeito brincalhão de menina que lhe fica tão bem.
Neste dia especial, deixo nestas linhas um presente de palavras feito. Palavras escritas em letras redondas de carinho. E o desejo especial que o sol, a lua e as estrelas brilhem sempre no caminho desta princesa.
Parabéns Kika. Mil beijinhos, no coração

(Tia) Adelaide

2 comentários:

Rita disse...

Lindo minha querida! Puseste-me a chorar! Bjs muitos

Adelaide disse...

Há dias assim, minha querida... em que a felicidade nos chove nos olhos e alimenta alma.