segunda-feira, 6 de agosto de 2007

Gente que vale a pena

O Viriato Teles tem um novo site. Vale a pena ver mesmo enquanto não está concluído. É um sítio de paragem obrigatória.
Jornalista e escritor, Viriato Teles é um homem que sabe muitas palavras e é um homem de palavra. Conheci-o pessoalmente há meia dúzia de anos, já lhe conhecia o nome e o talento. Gostei à primeira vista, continuei a gostar depois e hoje, gosto ainda mais.
Acho que posso dizer que ficámos amigos; acho muito, muito difícil - acho quase impossível - não se gostar do Viriato. E o talento deste "rapaz" não se fica pelas palavras que escreve, vem também das palavras que diz. Descobre-se também na frontalidade, na dignidade, na bondade das acções.
O Viriato é um daqueles (raros) seres humanos que não trai, não se vende, não rasteja, não faz dos outros degraus de sucesso, não copia nem imita, não alimenta fogueiras de vaidades, não bajula, não engraxa, não faz vénias gratuitas e ridículas...
O Viriato é um resistente, um lutador, companheiro de jornadas, às vezes sonhador abençoado, um escritor que sabe usar bem as palavras, um homem solidário e às vezes - parece-me - um pouco solitário também; afinal todos os iluminados - mesmo os mais discretos - precisam de muita privacidade.

Vale a pena espreitar
www.viriatoteles.net

1 comentário:

Viriato Teles disse...

Viva, Adelaide!
Gosto do teu blogue. E fiquei sensibilizado com as tuas palavras. Obrigado pela tua confiança e pela tua amizade. Afinal, são estas coisas que valem a pena e nos fazem sentir que estamos vivos - mesmo, ou sobretudo, quando os pontapés e as galegadas da vida tantas vezes nos querem fazer crer o contrário.
Pelo sonho é que vamos, pois claro. E, como dizia o Ovídio Martins (outro poeta tão belo e tão esquecido por estes lados), «morremos e ressuscitamos todos os anos / para desespero dos que nos impedem / a caminhada / teimosamente continuamos de pé / num desafio aos deuses e aos homens...»
Um beijo e não desistas. Nunca.